Botafogo - (21) 3518-8830 / (21) 3518-8836
Tijuca - (21) 2568-2599 / (21) 2568-7650
Méier - (21) 2501-3958 / (21) 2501-1299

Perguntas e Respostas: cirurgia de coluna para escoliose

Perguntas e Respostas: cirurgia de coluna para escoliose
Fotos de curvas de escoliose e cirurgias de correção:Fotos de curvas de escoliose e cirurgias de correção

Doutor eu preciso de cirurgia?

Se sua curva for maior que 45-50 °, ela provavelmente ficará pior, mesmo depois de você estar totalmente crescido. Isso pode aumentar a deformidade estética nas costas, além de afetar principalmente a função pulmonar. Cirurgia é recomendada.

As curvas entre 40 ° e 50 ° em uma criança em crescimento caem em uma área que devemos avaliar vários fatores que podem influenciar se a cirurgia é recomendada. Estes devem ser discutidos com o seu cirurgião.

Quão bem sucedida é a cirurgia para escoliose?

A cirurgia de escoliose com a realização da artrodese é muito bem sucedida em impedir que a curva cresça, sendo esse o principal objetivo. Hoje, os cirurgiões de escoliose também são capazes de endireitar a curva de forma significativa, o que melhora a postura do paciente.

Como será minha coluna após a cirurgia?

Como seus ossos espinhais protegem sua medula espinhal, seu cirurgião endireitará os ossos apenas o máximo possível, para proteger a sua medula.

O grau de correção da cirurgia depende de quão flexível é sua escoliose antes de sua operação. Em geral, quanto mais flexível for sua curva, melhor será a correção da cirurgia. Seu médico pode medir sua flexibilidade antes da cirurgia com radiografias especiais, chamadas de filmes de inclinação lateral ou tração.

A maioria dos pacientes se recupera da cirurgia com curvas que foram próximos aos graus de segurança. Em muitos casos, essas pequenas curvas são dificilmente perceptíveis. Existem atualmente manobras chamadas de de-rotação que corrigem as curvas de maneira significativa.

O que está envolvido em uma cirurgia de correção e artrodese de coluna?

Em uma fusão/artrodese espinhal, as vértebras curvas são fundidas para que se curem em um único osso sólido. Isso interromperá completamente o crescimento no segmento anormal da coluna e evitará que a curva piore.

Todas as fusões da coluna usam algum tipo de material ósseo, chamado enxerto ósseo, para ajudar a promover a fusão. Geralmente, pequenos pedaços de osso são colocados nos espaços entre as vértebras para serem fundidos. O osso cresce junto - semelhante a quando um osso quebrado se cura.

As hastes de metal são normalmente usadas para manter a coluna no lugar até que a fusão ocorra. As hastes são presas à coluna por parafusos, e em raros casos por ganchos e/ou fios. Atualmente utilizamos as barras de cromo cobalto como primeira opção na cirurgia de escoliose.

O que é um enxerto ósseo?

Um enxerto ósseo é usado principalmente para estimular a cicatrização óssea. Aumenta a produção óssea e ajuda as vértebras a se curarem juntas em um osso sólido.

No passado, um enxerto ósseo retirado da bacia (crista ilíaca) do paciente era a única opção para a fusão das vértebras. Esse tipo de enxerto é chamado de autoenxerto. Colher um enxerto ósseo pode exigir uma incisão adicional durante a operação. Porém, atualmente, utilizamos enxerto da própria coluna (processos espinhosos e facetas), em conjunto com o enxerto ósseo sintético ou heterólogo. São materiais de enxerto ósseo artificial que foram desenvolvidos para a realização da artrodese/fusão óssea.

Quanto tempo dura a cirurgia?

A maioria das fusões dura de 3,5 a 6 horas, dependendo do tamanho da curva do paciente e de quanto da coluna precisa ser fundida.

Quanta dor terei após a cirurgia?

A quantidade de dor relatada pelas pessoas após a cirurgia varia muito de paciente para paciente. A cirurgia é um procedimento importante que envolve mover os músculos e realinhar o esqueleto.

Os primeiros dias costumam ser muito desconfortáveis, mas a maioria das pessoas melhora rapidamente no terceiro ou no quarto dia, e elas podem andar e entrar e sair da cama o suficiente para irem para casa. A dor continua a melhorar gradualmente e a maioria dos adolescentes podem retornar à escola em 2 a 4 semanas após a cirurgia.

A dor leve pode persistir, mas em 3 a 6 semanas após a cirurgia, o remédio para dor não deve mais ser necessário.

Que tipo de controle da dor haverá após a operação?

O controle da dor varia entre diferentes médicos e hospitais. Nossa equipe de anestesiologistas orienta uma analgesia controlada pelos médicos da unidade de recuperação e internação pós-operatória para escoliose. O sistema de alívio da dor que seu médico está acostumado a usar é provavelmente o mais seguro e confiável para você após a cirurgia.

No segundo ou terceiro dia após a cirurgia, nós normalmente mudamos a medicação para comprimidos ou analgésicos líquidos administrados por via oral. Estes medicamentos são opiáceos (medicamento semelhante à morfina). Uma vez que se sabe que estes medicamentos causam analgesia potente e não afetam os rins.

As hastes e outros implantes permanecem na minha espinha mesmo depois de ter se fundido?

As hastes são usadas em uma fusão, elas geralmente não precisam ser removidas. Muito poucas pessoas necessitam de remoção de haste, e isso pode ser por uma variedade de razões, como infecção ou haste quebrada.

A cirurgia de artrodese para escolioses fará minhas costas ficarem rígidas e incapazes de se mover?

A parte fundida das suas costas ficará permanentemente rígida. A maioria das pessoas tem movimento suficiente na parte não utilizada de suas costas para realizar todas as atividades da vida diária e a maioria dos esportes. Se você participar de atividades que exijam uma enorme flexibilidade, pode demorar um pouco para se adaptar. A maioria das pessoas acha que, dentro de um ano, suas costas começam a parecer "normais" quando participam dessas atividades. Atualmente tentamos realizar cirurgias com correções seletivas, pois assim poupamos níveis e melhorarmos a flexibilidade dos nossos pacientes.

Posso ter minha escoliose corrigida sem uma fusão?

Nós desejamos que tivéssemos um método e materiais que endireitassem a coluna e também permitissem o movimento normal entre todos os ossos. Infelizmente, não temos essa capacidade. Qualquer coisa que colocamos para manter a coluna ereta também torna a coluna rígida na área da cirurgia. Hoje já existe uma técnica moderna em estudo para correção com parafusos e uso de hastes/cordas flexíveis que permitem um controle de curva com flexibilidade, porém sem autorização para uso no Brasil, apenas aprovado na Europa e Estados Unidos.

Quanto tempo demora a recuperação cirúrgica?

A maioria dos pacientes está no hospital por 4 a 7 dias, fora da escola por 2 a 4 semanas, e volta às atividades físicas em 2 a 6 meses.

Voltar para Blog